Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2007

A outra ilha

Eu sou a outra Ilha,
A décima como me chamam,
A imigrada,
Afastada das nove
Pelas intempéries do destino
Em busca de melhor sorte
Por mares e terras doutras gentes;
Olhos postos no horizonte da vida,
Empurrados por uma mãe Pátria
Que não soube exprimir o seu remorso.
Exploração humana.
Trouxe comigo
Penedos de saudade,
Aldeias de dor,
Badaladas da mente,
Gemidos da alma,
Sonhos espesinhados,
Praias despidas,
Pedaços de luar,
Aspirações destruidas,
Trindades amargas,
Ausência dolorosa,
O marulhar das ondas do abandono,
O tormento de partir sem lar,
Sem sono,
Só saudade...
Ilha esquecida.
tags: ,

publicado por picarota310172 às 16:29
link do post | que me dizes? | favorito

Quem sou eu?


ver perfil

seguir perfil

. 17 seguidores

O que procuras?

 

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Últimas publicações

De volta...outra vez!

De olhos postos nos céus....

MAR

De volta ao Maroiço...

Por entre mar e flores...

Fado Maroiço

No topo do mundo...

A UM POETA (surge et ambu...

Mais Pico no seu melhor

Ilha do Pico - maravilhas...

arquivos

Julho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

links